Pay it forward

Ação de Comunicação: Trocas Gentis

Esta proposta de ação de comunicação tem por objetivo estimular a gentileza nos locais de trabalho entre consumidores e lojistas e entre os próprios empregados nas empresas, afim de demonstrar que estabelecimentos que fazem uso da referida característica em seu cotidiano compartilhado e no trato com os clientes podem ter um aumento em suas rendas e produtividade pelo simples fato de criarem um ambiente mais propício para o “convívio comercial”.

Inicialmente, admito que é uma proposta de difícil aplicação, pois a maioria (esmagadora) dos estabelecimentos e comerciantes entende que o bom tratamento é importante, mas não realisticamente fazem uso deste com frequência e não o valorizam tanto quanto provavelmente deveriam. Dito isso, ainda penso que é uma temática importante para melhorar a nosso dia a dia na cidade, pois todos nós nos envolvemos com trocas comerciais frequentemente (quer gostemos ou não!), e o bom uso da gentileza tornaria o processo menos penoso e mais aprazível para quem vende e quem compra.

Separei em alguns passos como seria essa ação e quais métodos seriam utilizados:

Passo 01: Esta ação seria debatida primeiramente em fóruns de discussões voltados para o comércio da cidade, gerando intercâmbio entre eles e trabalhando em uma proposta conjunta buscando benefícios mútuos. Reuniões entre a CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas), o SEBRAE e representantes da prefeitura ocorreriam, promovendo discussões acerca da proposta,sua aplicabilidade e seus possíveis resultados. Decididos os direcionamentos, passa-se ao próximo passo;

Passo 02: Começariam então a ser veiculadas nas emissoras de TV mineiras (Globo Minas, Band Minas, Rede Minas, etc.) ,em jornais de cunho popular como Aqui, Super e Metro e em pequenas notas em grandes jornais (Estado de Minas, etc.) propagandas sobre a importância da gentileza em estabelecimentos comerciais e seu impacto no consumidor e nos vendedores. Além do conteúdo das propagandas, também haveriam direcionamentos para  o website da campanha (Trocasgentis.org) e suas respectivas páginas no Facebook e no Youtube, juntamente com um anúncio de um vindouro aplicativo gratuito para que os cidadãos ativamente participem da campanha;

yelp

Passo 03: Depois de um mês de propagandas, seria lançado o aplicativo, que seria bem similar ao Yelp (imagem acima). Haveriam comerciais na TV aberta e um vídeo no Youtube e no Facebook ensinando os fundamentos do software em questão, para facilitar o uso e o acesso. A partir de então, de forma similar ao Yelp, as pessoas poderiam votar mensalmente nos melhores estabelecimentos no quesito tratamento e gentileza (diferenciando-se do Yelp, que é bem mais genérico), voto esse que seria dividido em setores do comércio como farmácias, lojas de roupas, de material de construção civil, restaurantes, etc. O usuário pode ou não escolher o anonimato e comentar nas páginas dos respectivos estabelecimentos. Para os vendedores e empregados, no entanto, haveria um sistema de votação interno, nas quais eles poderiam votar e comentar anonimamente, de acordo com as normas estabelecidas nas reuniões acima citadas, no tratamento por eles recebido de seus pares e de seus clientes. Seria então feita uma média de ambos os tipos de votos, totalizando um valor ranqueado do estabelecimento em seu segmento comercial e no quadro geral do aplicativo.Precisaria também, obviamente, contar com algum sistema de equivalência e equilíbrio para que grandes lojas e similares que receberiam estatisticamente mais votos não liderassem as tabelas pelo simples fato de terem uma maior fatia dos negócios do setor em questão, dando chance para que estabelecimentos de pequeno e médio porte pudessem ter chances de liderar o ranking também;

Jornais populares

Passo 04: Todo mês nos jornais populares (acima) e na web seriam classificados os melhores em cada setor no quesito gentileza, sendo que os melhores estabelecimentos dariam no mês seguinte um desconto promocional pré-estabelecido anteriormente (algo em torno de 5% a 10%) em seus serviços aos consumidores, estimulando-os a consumir nos locais onde presumem que serão mais bem tratados. Os melhores ranqueados no Ranking Geral teriam direito a uma quantidade de x de segundos de comerciais televisivos nos canais de TV que estariam envolvidos, além de ter um vídeo de 5 minutos apresentando seu estabelecimento postado no canal do Youtube e na página do Facebook, sempre estimulando os consumidores a continuar usando o aplicativo e ampliando o número de usuários usando outras redes, como o Whatsapp e o Twitter;

Passo 05: Por fim, a cada seis meses seria montada por parte dos lojistas uma exposição aberta e gratuita em algum local propício e estratégico para que estes possam expor seus produtos e serviços enfatizando a interface entre vendedores e consumidores, apresentar as novidades e ouvir as opiniões dos seus públicos sobre suas ações e suas propostas. Nestas exposições também haveriam premiações para os melhores ranqueados em cada segmento e no Ranking Geral, premiação esta que seria veiculada em um ou mais canais da TV aberta de Minas e que teria uma cobertura ao vivo através das redes e dos streamings do projeto em suas páginas na web.

Espera-se, assim, maior conectividade entre lojistas e consumidores, estimulando o ato da compra e o bom tratamento e boa convivência nos estabelecimentos, tornando as trocas comerciais mais respeitosas, sensatas e, porque não, cautelosas, melhorando o dia a dia de muitos habitantes de nossa cidade.

Equipe

Geraldo Garcia 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing