Ainda somos escravos?

Vez ou outra aparecem escândalos envolvendo marcas famosas e trabalho escravo, notícias que nos fazem relembrar de épocas onde ser subordinado a alguém pela força, coação ou agressão era considerada normal.

Séculos depois da escravidão ser abolida, é chocante ouvir falar de empresas e de pessoas que por meios ilegais mentém seus funcionários submissos.

Olhar para a escravidão em um contexto contemporâneo nos fez pensar em como o termo pode ultrapassar o trabalho forçado, e se fazer presente no cotidiano. Observamos a cidade em que vivemos e as pessoas que nos cercam, capturamos Belo Horizonte em fotografias e expomos em ilustrações toda a forma de escravidão escondida.

Final

Equipe

Lucas Vitorino e Nathália Tameirão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *