Campanha Transmídia #EuQueFaçoBH – Redes Sociais

O presente trabalho consiste na apresentação de uma proposta de campanha transmídia “#EuQueFaçoBH” para a Escola Municipal de Belo Horizonte, orientada para o divulgação de uma oficina de empreendedorismo voltada para as famílias e que tenha os alunos como mediadores do tema.

Durante a visita feita na Escola foi identificado que uma da maiores dificuldades enfrentadas atualmente envolve a comunicação com os pais e a falta de participação deles na vida escolar dos estudantes. A partir disso, desenvolvemos, durante a disciplina Laboratório de Mídias e Linguagens, uma narrativa base que irá nortear a campanha transmídia: a oficina de empreendedorismo. Esta oficina irá envolver os três pilares da nossa campanha: escola, aluno e família. Todos terão participação fundamental durante as etapas da narrativa.

O objetivo de abordar o empreendedorismo é atrair os pais e familiares para o ambiente escolar, mostrando que a escola não é um lugar restrito.

Contextualização da proposta para as redes sociais

Diante do desafio de criação de uma campanha transmídia a ser veiculada em diversos veículos midiáticos e plataformas, tanto online quanto offline, nosso grupo ficou responsável por desenvolver as diretrizes e conteúdos das redes sociais (Facebook, Whatsapp e YouTube), que farão parte do conjunto de narrativas da campanha #EuQueFaçoBH. O planejamento das redes sociais foi feito de acordo com as ações planejadas para as outras plataformas da campanha.

Facebook

O primeiro passo seria criar uma página da Escola Municipal Belo Horizonte no Facebook. Este seria um meio de comunicação com pais e alunos, além de divulgar a instituição para fora da comunidade. O objetivo dessa plataforma, inicialmente, será para divulgar a oficina de empreendedorismo. A ideia é que a página seja administrada por algum membro da escola, mas que seja um espaço aberto para os alunos.

Pensamos em formatos principais de postagens, que atendem a campanha transmídia, mas que posteriormente poderão se desdobrar em outros posts e conteúdos: divulgação da oficina, etapas da oficina, reprodução de conteúdo de outras mídias, e postagens pós-oficina.

Protótipo da página no facebook da Escola Municipal Belo Horizonte

Protótipo de postagem da cobertura das oficinas

Whatsapp

O Whatsapp irá ajudar, principalmente, na divulgação do conteúdo das demais plataformas e para lembretes mais curtos. É importante que o conteúdo seja leve, rápido e bem objetivo, para que se enquadre na lógica de consumo de informações da rede. Com isso, foram pensados três tipos de conteúdo diferentes: um resumo das principais notícias da semana, com os links para maiores informações; lembretes; e dicas de empreendedorismo.

Exemplo:

Protótipo de texto com resumo da semana

Youtube

O Youtube é uma das principais redes acessada pelos alunos da escola, seja para acompanhar seus youtubers favoritos ou para produzir o seu próprio conteúdo. Por isso, essa rede será essencial no desenvolvimento da campanha transmídia. O primeiro passo é a criação de um canal para a escola no Youtube. Focando na narrativa da oficina de empreendedorismo, o Youtube será a plataforma de hospedagem e divulgação dos vídeos produzidos pelos alunos durante o projeto. 

Protótipo do vídeo institucional produzido pelos alunos

Grupo: Débora Nunes (deelimanunes@gmail.com), Luiza Rocha (luizardsilveira@gmail.com) e Tayrane Corrêa (tayrane.correa@outlook.com)

Clique aqui e leia o relatório completo

4 comments

  • Luciana Andrade

    Pessoal, muito bacana. Acho que vale a pena criar algumas editorias fixas para alimentação da campanha no Facebook. O YouTube também está bem genérico, seria interessante listar alguns conteúdos para os primeiros vídeos e sugerir uma periodicidade. Gostei muito do uso do whatsapp. Parabéns.

    • Débora Nunes

      Ei, Aline! Já arrumamos o link do relatório. Obrigada 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *