Ciborgues: fusão sonora

ciborgue

Humanos e máquinas convivem o tempo todo. A presença das tecnologias é intrínseca ao nosso cotidiano. Estamos tão acostumados com a vivência em fusão que muitas vezes exatamente esse funcionamento  fluido em união passa despercebido, tamanha naturalização. Naturalização? Assim como hoje já nos perguntamos quem é o sujeito, podemos nos perguntar o que é natural. Falar ao telefone é natural. Tirar cópias em xerox é natural. Usar o computador é natural. Pequenas ações  incorporadas ao dia a dia. Não é mais possível retroceder, sequer imaginar uma configuração social moderna que dissocie a existência do homem e da tecnologia. Cada vez mais inerente, as essências humanas e tecnológicas já não são mais delimitadas: se mesclam e se confundem. Naturalmente: devir-ciborgue.

Grupo

Carolina Resende, Flavia Ruas, Jéssica Saliba

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing