Como dizer sem falar

PROPOSTA +

Há um ditado que diz “quem tem boca vai a Roma”, mas e quando só a boca não é suficiente? Quando a linguagem verbal não proporciona a comunicação, o que acontece? O corpo fala!

Porém, a linguagem não verbal é algo cultural e pode ter variados significados para povos diferentes. Gestos apropriados de forma errada podem gerar confusão, mas se aplicados no contexto adequado facilitam a comunicação. Pensando nisso, a idéia inicial para nosso próximo projeto é a construção de um aplicativo capaz de traduzir e catalogar movimentos gestuais utilizados no Brasil.

Tema: App de Gestos – Como dizer sem falar

Perspectiva de abordagem:
Orientados pela idéia da Copa do Mundo em BH e sabendo que o português é um idioma de pouco domínio dos turistas, o aplicativo de gestos vem para auxiliar as transações comunicionais entre nativos e forasteiros.

Além da característica funcional, ele terá uma vertente humorística, uma vez que será explorado “o jeitinho brasileiro” de falar e situações típicas nas quais expressões corporais, já incorporadas culturalmente, são utilizadas para a enunciação de determinada idéia.

Na prática, consideramos esse app bastante semelhante a um dicionário da Libras, porém mais básico e informal, no qual pode-se acessar por tópicos e frases prontas em inglês e espanhol e seu correspondente gestual no Brasil. Além disso, pensamos nele ser algo colaborativo, para que mais pessoas possam registrar sua sugestão de gesto, aumentando, assim, o banco de dados de nosso catálogo.

Recursos de linguagem: Aplicativo para smartphones e tablets.

Equipe

Arnaldo Garcia, Larissa Campos, Luisa Alfenas, Paula Pinheiro