Como sobreviver à Copa em BH…

Esse aplicativo vai te guiar em sua fuga da Copa  do Mundo.

Porque nem todo mundo é fanático, experimente e descubra rotas alternativas:

(clique no ícone ou baixe diretamente em seu celular usando o leitor de código)

 

íconejpeg copacode

 

16 comments

  • Isabella Lanna

    Agora o link está funcionando! Gostei bastante, é diferente, prático e rápido, apesar de fugir um pouco ao tema e eu não ter percebido as opções de “fuga”. Fora isso, o app tá lindo, parabéns ao grupo!

  • Bruno Silvestrini

    As informações são ótimas e bem escolhidas. Porém o layout não chama a atenção do usuário e a versão só em português impossibilita o uso de estrangeiros.

  • Gabriela Albuquerque

    Acho que o aplicativo podia trazer mais opções de turismo, pra que o turista conheça outros lugares além dos tradicionais e evite cruzar com algum movimento ligado a copa, como os bares ali da Praça da Savassi que transmitem os jogos.

  • Roberta Corrêa

    Achei o app bem funcional e com ótimas informações. Porém, senti falta de uma programação alternativa nos “refúgios” para a época da copa.

  • Melissa Soares

    Achei a ideia muito boa, principalmente por não ficar restrita aos lugares que as pessoas podem ir,mas falar também da cultura, culinária e turismo. Senti falta da tradução para outras línguas, o que restringe o aplicativo para um público específico.

  • Giulia Araugio

    O App é simples e prático, além de ser rico em conteúdo sobre diversas informações úteis sobre Belo Horizonte. Interessante. Gostei dos refúgios culturais que vocês colocaram, porém senti falta de mais refúgios!
    No mais, tá ótimo! 🙂

  • Victor Cordeiro

    Em geral o aplicativo está bem completo, parabéns ao grupo! No entanto, senti falta de uma descrição mais detalhada dos pontos turísticos, tal qual ocorreu nos outros tópicos. O fato de estar inteiramente em português também poderia ser um problema, visto que grande parte dos turistas que visitarão Belo Horizonte durante a Copa serão estrangeiros.

  • João Gabriel Reis

    Achei o aplicativo muito interessante, com um intuito bem objetivo e de fácil navegação. Apenas senti falta de um pouco mais de opções nos “refúgios” e da questão de não atender diretamente o público estrangeiro, pelo fato de estar apenas em português.

  • Isabel Sophia Couto Alves

    gostei muito pelo App bem direto e fácil! Porém seria legal procurar lugares mais escondidos sabe? tentar fugir de lugares como bar que pode passar jogo, ou até luares centrais que podem ter algum evento relacionado.

  • Cristiano Prado

    Gostei demais do app! Acho que conseguiu abranger muito do que é BH, mas acabou ficando um pouco restrito ao mais tradicional mesmo. Talvez fosse legal incluir refúgios menos badalados, mais alternativos mesmo, o que conseguiria satisfazer um público ainda maior.

  • Harlley Simlício Soares

    Acho que o App dispensa apresentações, portanto, vejo como desnecessária a aba de apresentação do mesmo. Como a proposta restringe os refúgios a BH (o que eu acho um erro), acrescentaria mais parques e passeios mais distantes da região centro-sul e pampulha. A aba “situe-se” é muito boa, trás informações que se complementam.

  • Lucas Vitorino

    O app é bem interessante ao trazer conteúdo sobre a cultura, comida, lugares e jogos da cidade, além disso é legal o fato de procurar “refúgios” para quem não quer participar dos eventos que envolvem a copa, mas acho que esses refúgios poderiam ser melhor explorados trazendo lugares menos conhecidos, ou mais afastados mesmo.

  • Nathália Luiza Tameirão

    A ideia do aplicativo é muito boa, pois realmente não é todo mundo que curte a programação da Copa, mas eu senti falta de lugares mais alternativos mesmo e de uma opção maior de refúgios, diferentes desses mais conhecidos.

  • Maíra Gomes

    Proposta interessante, com boas informações para quem não conhece a cidade muito bem. Seria interessante ter mais opções de refúgio, e também fornecer mais informações sobre os lugares para turismo e sobre o evento da copa em Belo Horizonte.

  • Joana

    Gente, ficou interessante, mas faltaram informações básicas, como horário de funcionamento dos “refúgios”, onde encontrar as principais guloseimas indicadas e o que é cada dica de turismo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *