Don’t Be A Gringo

Muitos gestos do nosso cotidiano, aparentemente óbvios à primeira vista, podem ser mal interpretados por estrangeiros que não compartilham dos nossos referenciais simbólicos, e isso pode causar vários mal-entendidos. Bons exemplos disso são o gesto de juntar os dedos indicador e polegar num círculo e erguer os três últimos dedo, que apesar de ser obsceno no Brasil é conhecido com sinal de OK em vários outros países, e o sinal de figa, que é considerado ofensivo em países como Grécia e Turquia. Por isso, em momentos de intercâmbio cultural, é interessante que haja uma fonte de referência para ajudar a esclarecer esses mal entendidos.

É nesse contexto que surge o aplicativo Don’t Be A Gringo. O aplicativo se propõe a catalogar alguns dos gestos comuns no Brasil, com os quais os estrangeiros podem se deparar ao longo de sua estada no país durante a copa, de maneira a facilitar o entendimento. Além de compreender o que se está tentando dizer, os estrangeiros podem também se expressar em alguma situação em que não tenham domínio da língua.

Don’t Be A Gringo reúne uma série de vídeos de diferentes gestos do Brasil. Os gestos são divididos em três categorias, com base nos contextos de seu uso: bares, transporte e cotidiano. O conteúdo está disponível em inglês e em português, para o nativo da região que queira se divertir com o viés humorístico dos vídeos.

O aplicativo está disponível para download em dispositivos Android e pode ser acessado via navegador nos demais sistemas operacionais (iOs e Windows Phone) e em computadores.

Acesse o aplicativo pelo seu computador.
QR Code para acesso via navegador do smartphone:

QR Code cópia

QR Code para download em dispositivos Android:

qrcode android

EQUIPE

Arnaldo Garcia, Larissa Campos, Luíza Alfenas, Paula Pinheiro

teste

Etapas desta publicação

Proposta
Desenvolvimento