Eventos de grande porte, grandes mudanças

Belo Horizonte é uma das cidades sede da Copa das Confederações, que aconteceu no último mês, e da Copa do Mundo de 2014. Eventos de grande porte como esses modificam o ambiente das cidades onde são realizados. Ser sede interferiu tanto na estrutura de BH quanto no cotidiano das pessoas que vivem na cidade. Nesse contexto, comerciantes da região do entorno da Pampulha sofrem os impactos das mudanças em sua rotina de trabalho.

Othon e Maria do Rosário Serakides, proprietários do restaurante Novo Paladar, falam sobre as modificações que realizaram em seu estabelecimento e em sua rotina de trabalho para atender as demandas trazidas pelos mundiais de futebol. O restaurante se localiza a poucos metros do Estádio do Mineirão na Avenida Antonio Abrahão Caram, principal via de acesso ao Estádio. Com isso, Rosário espera lucrar com o movimento gerado pelos turistas. Othon, contudo é mais cético, acredita que a movimentação traz mais transtornos que benefícios e prefere contar com a clientela fiel, que almoça todos os dias em seu restaurante há muito tempo.

Os comerciantes de feiras próximas ao Estádio do Mineirão também sofreram impactos por causa desses eventos. Cerca de 400 expositores trabalhavam na extinta Feira do Mineirinho, realizada no ginásio poliesportivo Jornalista Felipe Drummond, popularmente conhecido pelo mesmo nome da feira e localizado bem em frente ao Estádio. A feira era caracterizada por exposições de artesanato, praça de alimentação e apresentações de música ao vivo, hoje os antigos feirantes reivindicam um novo espaço para expor. Outra feira com perfil semelhante ao da extinta é realizada aos sábados nas proximidades da Igrejinha da Pampulha: A Feira Pampulha Arte, que corre o risco de ter o mesmo destino.

Nos  dois audioslides você poderá conferir depoimentos dos comerciantes desses dois universos distintos, os expositores das duas feiras e os proprietários do Novo Paladar, sobre essa situação. As entrevistas foram gravadas na semana anterior ao início da Copa das Confederações.

Reportagem

Ana Carolina Gomes, Bianca Martimiano, Leandro Lourenço e Lorena Calonge

Etapas desta publicação

Proposta
Desenvolvimento

1 comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *