Exposição ComCiência no CCBB

comciencia1

O que é o grotesco? Seria o desconhecido? Algo que escapa à compreensão e é de difícil discernimento? Seria o odioso, o estranho, o absurdo? Talvez o grotesco seja todas essas coisas, e ao mesmo tempo, porém, o grotesco pode ser algo completamente diverso. É preciso analisar, portanto, com uma certa racionalidade a perspectiva do outro. O significado de grotesco pode muito variar de uma cultura para outro: o famigerado embate cultural entre civilizações.Não existe nessa discussão uma regra geral que possa ser aplicada a todos os casos. É preciso utilizar o completo discernimento e a razão, destituída de preconceitos, para se analisar questões como essa. A obra de Patrícia Piccinini despertaria sensações relacionadas ao grotesco? A artista plástica de Serra Leoa propõe a partir de seu mais recente trabalho uma abordagem desafiadora do estranho. Trata-se da exposição ComCiência, que tem percorrido diversos países e chegou em outubro em Belo Horizonte, no Centro Cultural do Banco do Brasil.

comciencia4

A exposição consiste em obras plásticas que utilizam técnicas variadas e são representações de criaturas exóticas, algumas antropomórficas e outras que remetem a animais que realmente existem na natureza. São seres que têm sua gênese no absurdo e que causam estranhamento à primeira vista. Patrícia soube utilizar técnica e contexto a seu favor e conseguiu criar seres que causam, após o natural estranhamento inicial, simpatia, e instigam a compaixão nos receptores. Para criar essas sensações a artista utilizou-se de diversos recursos. O trabalho minucioso e detalhista nos corpos das criaturas, a simulação de um contato de seres monstruosos com figuras que se aproximam mais da aparência humana, com algumas alterações que no universo da artista seriam justificadas por modificações genéticas. Um traço que também aproxima o público é o realismo das expressões nos rostos das criaturas imaginárias.

comciencia3

Ainda que o primeiro impacto seja provocado pelas esculturas, a exposição conta também com fotografia, vídeo e instalações, dentre outras formas de manifestação artística que transcendem especificações.

A exposição ComCiência, de Patrícia Piccinini, intrigou o público e provocou respostas positivas da crítica em Belo Horizonte. Segundo a equipe do CCBB, a exposição atraiu pessoas sem distinção de classe social ou idade,cujo interesse era presenciar as sensações provocadas pelass criaturas imaginadas por Piccinini. Conversando com alguns visitantes observamos reflexões sobre a relação entre o estranho e o corriqueiro e confluência de reações díspares: como asco e atração, medo e riso. E também, sentimentos diametralmente opostos, como compaixão, desprezo, compreensão de realidades diferentes e abnegação.

comciencia6

A exposição, que ficou em cartaz em Belo Horizonte entre 12 de outubro e 09 de janeiro, é marcada pela confluência entre rigor técnico e expressão de sentimentos. Por meio de rigor técnico e expressividade, as criaturas de Piccinini são o grotesco que encanta, exploram o tema das modificações genéticas sem drama ou sensacionalismo, de uma forma delicada. O CCBB, por meio dessa exposição, vira o palco de uma impressionante convergência entre ciência e consciência social, questionando o conceito de humanidade e instigando a reflexão quanto à pluralidade de existências e a complexidade de todas essas formas vivas.

Equipe:

Dina Therrier

Nina Goulart

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

WP-SpamFree by Pole Position Marketing