Convergência em foco: conheça o LabCon

 

Em comemoração aos cinco anos de existência do LabCon, preparamos uma matéria usando diferentes mídias para contar a história do laboratório, através das histórias de seus alunos, monitores e professores

 

O LabCon é o Laboratório de Convergência Intermídia do curso de Comunicação Social da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Vinculado ao Núcleo de Pesquisa em Conexões Intermidiáticas (NucCon), ele tem como principal objetivo levar a discussão do núcleo de pesquisa para o laboratório e estudar processos de comunicação em contextos que envolvam diferentes mídias, oferecendo para os alunos uma formação diferenciada.

A partir da iniciativa dos professores Nísio Teixeira, Geane Alzamora e Tacyana Arce, em parceria com o Centro de Comunicação (Cedecom), da UFMG, o LabCon foi criado em 2011 para incentivar os alunos a pensarem e produzirem conteúdos sobre as novas formas do fazer jornalístico multimidiático. O projeto avançou, ganhando rumos de interdisciplinaridade e não se limitando ao gênero jornalístico, para dar conta das formas do fazer comunicacional presentes nos dias de hoje. Isso engloba desde interações em redes sociais e fandoms (subcultura composta por fãs que compartilham gostos comuns) até jornalismo de dados e algoritmos para big data.

Conheça os professores que atualmente integram o LabCon (passe o mouse sobre os ícones para ver a descrição de cada um)

 

 

A coordenadora do LabCon, Geane Alzamora, aponta três fases de execução do projeto, desde sua criação até os dias de hoje:

 

 

 

O engajamento dos alunos é, e sempre foi, fundamental na execução do projeto, por meio das disciplinas a ele vinculadas. “Os laboratórios são concorridos”, aponta a fundadora. Segundo ela, independentemente do grau de motivação e engajamento, o LabCon sempre contou com a participação dos alunos.  Há alguns que passaram pelo laboratório, como monitores ou bolsistas, e estão hoje no mestrado, doutorado ou em outros projetos, trilhando sua formação a partir da experiência no laboratório. Veja abaixo alguns dos monitores que já passaram ou ainda estão trabalhando no LabCon (passe o mouse sobre cada ícone para ler o relato de seu respectivo monitor).

 

 

O LabCon trabalha com base nos estudos desenvolvidos no NucCon , vinculado ao Centro de Convergência de Novas Mídias (CCNM) que é um grupo de pesquisa da UFMG credenciado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). Difícil visualizar? Acompanhe antes de acessar os links:

 

2016-09-20

 

Mostra de trabalhos do LabCon

No dia 18 de agosto, aconteceu o I Seminário LabCon: Mostra de Trabalhos Produzidos na Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Fafich), da UFMG,  que inaugura a terceira fase do projeto. No evento, os alunos puderam expor e falar um pouco mais sobre seus trabalhos em cada uma das disciplinas que compõem o laboratório.

Apesar do foco inicial no site do LabCon – plataforma do projeto para convergir suas produções – a dinâmica intermídia vai mudando e se tornando muito fluida com as redes sociais. Por isso, atualmente, eles veem as plataformas Facebook e Medium como espaços fundamentais de serem ocupados, por serem suportes dinâmicos para situações midiáticas variadas e circunstanciais.

 

As professoras Geane Alzamora (em pé) e Joana Ziller, na mostra de trabalhos do LabCon (Foto: Samuel Silveira)

As professoras Geane Alzamora (em pé) e Joana Ziller, na mostra de trabalhos do LabCon (Foto: Samuel Silveira)

O próximo desafio, segundo Geane, compreende um “esforço que talvez precise ser aprimorado, no sentido de divulgação dos projetos, como esses das apresentações de hoje [no seminário], que merecem concorrer a prêmios ou tentar um sistema de financiamento”.

 

 

Além das disciplinas ofertadas regularmente, no segundo semestre de 2016, os professores e as doutorandas do LabCon ofertam três disciplinas obrigatórias e seis optativas. Confira quais são elas e suas ementas neste link.

 

Autores:

Adilane Ribeiro da Silva

Isabelly Morais Fernandes

Júlia Valadares Nogueira de Faria

Marcus Vinícius Teixeira Souza

Samuel Ananias Silveira Pereira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *