Reduzir é melhor do que pagar…

Mapa interativo e redes sociais auxiliam motoristas a evitar multas

No twitter, facebook e outras redes sociais é comum encontrar hashtags sobre trânsito. Avisos sobre blitzes e radares são os mais comuns .Mas, mesmo assim, o número de autuações de trânsito em Belo Horizonte, segundo matéria veiculada pelo Jornal Estado de Minas,  não para de crescer.

Receber e pagar uma multa não é nada agradável, “é um dinheiro gasto sem retorno”, diz o motorista de transporte escolar Ederson Silva.

As avenidas Presidente Antônio Carlos e Presidente  Carlos Luz, principais vias de acesso ao campus da UFMG na Pampulha, aparecem entre as avenidas mais bem fiscalizadas. Segundo o site da Bhtrans, nas duas avenidas, existem mais de dez radares de velocidade.  Então, se você vai para a UFMG  dirija um pouco do seu tempo para  dar uma olhada no mapa que preparamos. Nele estão sinalizados os pontos de fiscalização. Fique atento, acelere informações e reduza o risco de levar uma multa

Veja abaixo uma seleção de posts sobre multas e trânsito em BH:

 

<script src=”//storify.com/labconufmg/radares-em-bh.js”></script><noscript>[<a href=”//storify.com/labconufmg/radares-em-bh” target=”_blank”>View the story “Radares em BH” on Storify</a>]</noscript>


Reportagem

Luana Assis

Etapas desta publicação

Proposta
Desenvolvimento

1 comment

  • Geane Alzamora

    Olá Luana,
    bom trabalho. Acho, porém, que o texto seria enriquecido com algumas entrevistas (por exemplo, com base em quê você afirma que o número de multas vem crescendo em BH? Como os especialistas observam a questão nos trechos mencionados? O que acham das discussões e informações postadas em redes sociais, como essas que você articula aqui?).
    Geane

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *