Mobilidade urbana na Copa: Centro-Oeste

Na região Centro-Oeste, Brasília e Cuiabá estão sendo contempladas com obras para a Copa das Confederações e Copa do Mundo. No total, são 30 empreendimentos nas duas cidades. Dos mais de R$ 2 bilhões previstos para Cuiabá, cerca de R$ 1,6 bilhão será gasto com mobilidade urbana. Desse total, já foram contratados R$ 1,5 bilhão e executados R$ 19 milhões.

Brasília
Para Brasília, inicialmente, foram previstos dois empreendimentos de mobilidade urbana: a ampliação da DF-047 (Estrada Parque Aeroporto) e a implantação de Veículos Leves sobre Trilhos (VLT). Para isso, seriam gastos R$ 380 milhões.

De acordo com o Portal da Transparência – Copa 2014, estariam destinados cerca de R$ 103 milhões para a ampliação da rodovia. Segundo o cronograma do site, a a obra deveria ser concluída em dezembro de 2013, mas ainda não teria começado a ser executada — apesar de já ter R$ 43,4 milhões destinados para o andamento do projeto. Segundo o Portal 2014, ligado ao Sindicato da Arquitetura e da Engenharia, a justificativa para o atraso é que a duplicação depende das obras do VLT, que em setembro de 2012 foram excluídas pelo Governo do Distrito Federal da Matriz de Responsabilidades.

Saiba mais sobre essa série de reportagens

Reportagem

Anna Cláudia Pinheiro, Ingred Souza, Luís Cunha e Natália Ferraz

Etapas desta publicação

Proposta
Desenvolvimento