Comparativo da mortalidade dos jovens no estado de Minas Gerais a nível regional e nacional

Tema: Infográficos contextualizando Minas Gerais em um cenário regional e nacional em relação à mortalidade de jovens e suas variáveis.

Proposta da matéria: Visualizar a situação de Minas Gerais em relação à região Sudeste e ao Brasil tendo em vista os índices de mortalidade de jovens. Ou seja, temos o intuito de delinear a posição do estado, inserindo-o num contexto comparativo em suas camadas regionais. Tendo em vista esse objetivo, daremos enfoque às causas de tal patologia na comparação supracitada.

Dessa forma, a matéria será desenvolvida através de três gráficos distintos que corroborarão com a temática elucidada acima. Levando tais aspectos em consideração, o primeiro conteria informações sobre as causas de morte externas (fatores que independem do organismo humano, provocando lesões ou agravamento de saúde que levam ao óbito do indivíduo) e naturais entre os jovens. O segundo, por sua vez, revelaria as principais causas de decesso nessa faixa etária – dentre as quais se destacam elementos de cunho violento, como transporte, suicídio e homicídio entre os principais. O terceiro e último, apresentaria uma representação da evolução da taxa de homicídio entre a juventude através do tempo.

Perguntas:
1) Como Minas Gerais se comporta em relação a média brasileira de morte de jovens?
2) Qual é o principal motivo da morte de jovens em Minas Gerais, Sudeste e Brasil: causas naturais ou externas?
3) Qual é a principal causa violenta de morte de jovens em Minas, no Sudeste e no Brasil?
4) Houve decréscimo na quantidade de homicídios ao longo do período analisado (2001-2011)?

Recursos: Uso de infográficos comparativos. Pensamos usar gráficos de bolhas e linhas.

Grupo: Arthur Sala Minoves, Felipe Marçal,  Gustavo Senna, Luiz Fernando Motta, Taiany Gonçalves

 

Equipe

Arthur Sala Minoves , Felipe Marçal Repolês, Gustavo Senna de Oliveira, Luiz Fernando Motta Barbosa, Taiany da Silva Gonçalves

Etapas desta publicação

Desenvolvimento
Produto

7 comments

  • Carlos d'Andréa

    Atenção: vincular esta página ao “sidebar” da atividade!

  • Samuel Andrade

    Concrdo com o Paulo. Acredito que algumas dessas informações poderam se msotrar difíceis de se encontrar dados com credibilidade. De qualquer forma, se o grupo tiver acesso a algumas dessas informações, frá um trabalho excelente e interessante.

  • jennifergoncalves

    Achei a ideia muito interessante, mas um pouco abrangente. Ainda que sejam 3 gráficos, pareceu me que cada um conterá muita informação, sendo assim um cuidado redobrado em relação ao formato do Infográfico. Quanto ao estado de Minas Gerais: será feito por cidade, região ou como um todo?

  • Paulo Netto

    A proposta do comparativo entre o índice de mortalidade dos jovens em Minas Gerais em relação ao país é interessante, porém demandará um trabalho mais pesado ao grupo.
    A única dúvida que fiquei foi se a comparação em relação ao Brasil será feita a partir da média do índice de homicídios entre os jovens do país ou entre os dados de cada estado.

    • Carlos d'Andréa

      Acho que o trabalho não é tão pesado assim, vale a pena ser feito! Para comparação, é sempre melhor trabalhar com média do que com números absolutos.

    • Arthur Sala Minoves

      O trabalho não é tão pesado, já que o estudo que serve de base para o trabalho é bem claro e traz os dados de forma “mastigada”. A preferência é trabalhar com os dados em porcentagem mesmo – afinal de contas é o que o estudo apresenta.