Nas Trilhas do Morro Velho

DESENVOLVIMENTO +

[ Um passeio pelo Centro de Memória Morro Velho em Nova Lima para entender a história da mineração na cidadezinha da Região Metropolitana de BH, com um roteiro turístico de até R$50,00. ]

Na atual etapa, o grupo se focou em pesquisar a história da Mina de Morro Velho, localizada em Nova Lima, cidade da Região Metropolitana de BH. Durante a pesquisa e a visita ao Centro de Memória Morro Velho e aos monumentos da cidade que são um pouco do legado que os ingleses da mineradora Saint John Del Rey Mining Company deixaram para a cidade. Através de conversas com moradores e estudiosos foi possível desenvolver o conteúdo para blog Na Trilha do Morro Velho.

Mapa do Site Na Trilha do Morro Velho

Página Principal:
_Todos os posts (todos precisam ter imagens ou ícones)

Posts:
_Iconografia
_Texto
_Audiovisual

Tópicos a serem desenvolvidos no site:

1. Mineração
1.1. História de exploração das terras de Nova Lima (em andamento)
1.2. Figuras: George Chalmers; Padre Antônio de Freitas (em andamento)
1.3. O lado negativo da mineração: desabamentos, mortes e o fim das minas (em andamento)
1.4. Quadrilátero Ferrífero
1.5. Sistema Hidrelétrico de Rio de Peixe
2. Centro de Memória Morro Velho (em andamento)
3. A presença inglesa na cidade Nova Lima
4. Infográficos
5. Galerias (em andamento)
6. A queca: receita e história (em andamento)

Desafios:

No momento,os principais desafios para o desenvolvimento do trabalho está na disposição da galeria de fotos, a construção de infográficos para deixar o conteúdo mais interativo, levantamento de material audiovisual e a diminuição do tamanho dos textos e também conectar os links das redes sociais Facebook e Twitter com o blog.

Equipe

Ana Carolina Rodarte, Débora Helena Costa, Lorena Lima

Etapas desta publicação

Proposta
Produto

2 comments

  • barbarasilva

    Olá meninas,
    Gostei muito da decisão do grupo em dar maior atenção às imagens nessa nova etapa do trabalho. Fica claro o intenso processo de pesquisa do grupo, fico apenas com receio que a página ser uma referência para busca de informações sobre a região, mas não atraia necessariamente as pessoas para ir em Nova Lima conhecer as atrações. E acho que esse é o nosso foco com o #BHate50.
    Acho que incluir uma nova aba sugerindo um percurso que as pessoas possam ir conhecer todos esses lugares seria bastante interessante. Por exemplo, falar onde eles podem ir para experimentar a queca e onde eles podem encontrar na cidade outras influências como as vistas no Centro de memória. Acho que o mapa que já vem sendo utilizado por outros grupos pode solucionar essa questão e enriquecer as informações que o grupo já está trazendo.