Parque Lagoa do Nado: Ilha verde no meio da cidade

Existem lugares legais para se divertir com a família e com os amigos em Belo Horizonte fora da zona sul. Na sequência da série #BHate50, visitamos o Parque Lagoa do Nado, em Venda Nova. Inaugurado em 1994, o parque possui cerca de 311 mil metros quadrados e várias atividades de lazer. O local oferece quadras de futsal e de peteca, biblioteca, teatro, além de atividades desenvolvidas pensando no lazer dos seus visitantes.

“No meio do caos das obras da Av. Dom Pedro I, entrar no parque foi um alívio. Conhecer seus espaços e observar seus frequentadores foi excepcional. Uma ilha verde na cidade, uma salvação para quem estiver entediado com a paisagem cinza da cidade.”

Para contar sobre o encanto que foi conhecer o Parque Lagoa do Nado, criamos o site Curta Venda Nova. Com textos em primeira pessoa e fotos dos espaços visitados, esperamos compartilhar um pouco das experiências que tivemos.

Parque Lagoa do Nado mapa

Reportagem

Bianca Martimiano, Laiza Monique, Pedro Lucchesi

Etapas desta publicação

Proposta
Desenvolvimento

11 comments

  • Geane Alzamora

    Ei pessoal,
    gostei demais! Era um grande desafio e, em minha opinião, deu certo! Sugestão: as aspas do segundo parágrafo devem ser contextualizadas. Gostei do lead.
    Geane

  • Arnaldo Garcia

    Concordo com o que o pessoal falou sobre os pequenos ajustes que são necessários para o melhor funcionamento do site.
    Acho válido defiinir melhor a questão do ponto de vista, porque tendo ou não isso precisa ser um conceito mais claro e desdobrado nas peças.
    Concordo também com a Larissa sobre o potencial colaborativo das dicas de como é póssível curtir Venda Nova.
    Parabéns,

  • Luiza Alfenas

    Realmente a versão do site ficou bem mais atrativa que no Maps. Gostei bastante da quantidade de fotos que vocês tiraram (talvez fosse legal divulgá-las em alguma rede social, para trazer mais gente para o site).
    Nos relatos, ia ser legal personificar um pouco mais as opiniões, aprensentando um pouco mais dos personagens que criaram o site e tornando-o mais intimista.
    Concordo com a Rodarte, adorei a aba Pra Depois, mas ia ser legal ter mais sugestões de lugares para ir depois do parque.

  • Anna Luísa Silveira

    Oi gente,

    A visibilidade da imagem realmente está muito boa e de fácil apreensão. Acho que o texto inicial do site poderia estar melhor disposto para facilita a leitura. Gostei dos textos curtinhos e bem pessoais e acredito que a assinatura de cada um resolve bem a questão de “quem é o narrador” já falada pelos outros colegas. Acredito que é bom ir acrescentando mais lugares no “Para Depois”, que ficou bem adequado a proposta. Parabéns!

  • luanafms

    Achei bastante interessante o trabalho, principalmente por abordar a região de venda nova de uma maneira tão legal e otimista. Só que fiquei pensando se é mesmo interessante essa narrativa em primeira pessoa, e se isso não tornaria o “tom” do trabalho muito pessoal, além disso a falta de identificação do autor deixou uma “lacuna” no fim da leitura. No mais o trabalho ficou muito diferente e útil.

  • Ana Rodarte

    A apresentação das imagens está bastante acessível, e gostei bastante do trabalho de apuração, que apresenta informações em textos curtos e completos. Também me agradou a seção “Para Depois”, que dá sugestões sobre a região, o que é bastante útil ao turista!

  • Paula Pinheiro

    Logo de cara achei bacana a apresentação do site, usando o mapa com os ícones como plano de fundo. A organização do conteúdo ficou boa e, no geral, o site ficou fácil de utilizar. A única ressalva que faço em relação à navegabilidade é que na primeira página dos lugares, quando lista todas as etapas, dá a entender que os itens da lista são links para as páginas e na verdade eles não são. No mais, bom trabalho!

  • gustavoaleixo

    Pessoal, muito legal a utilização do mapa, bem como a forma como foram distribuídos os diferentes conteúdos do site. Ressalto também essa questão do narrador que não tem uma figura bem definida.
    No mais, o trabalho ficou bastante bem feito e muito didático também!

  • Victoria Bravo

    Oi pessoal !
    O site ficou muito legal, claro e facil de utilizar. Adorei a maneira como decidiram falar sobre os lugares com uma visao muito pessoal . Ler as postagens sobre os lugares foi muito facil e agradável. Mais achei a mesma coisa que a Barbara! Seria muito legal saber quem é que esta falando. As vezes li que algumas postagens estavam escritas em feminino e outras em masculino , se foram diferentes pessoas que escriveram, seria legal tambem de saber.
    Gostei da idea de ter as imagens numa aba, porque é muito facil de ver.
    Parabens !

  • Larissa Campos

    Oi pessoal! Concordo com a Bárbara! Também gostei muito dessa versão . Acho que vocês desenvolveram bem a questão do mapa e do relato sobre o dia passado no parque. Como sugestão, acho que o recorte de vocês e o nome do site : “Curta Venda Nova” super daria para fazer um Fanpage no Facebook. Lá vocês poderiam explorar e divulgar o trabalho de vocês para um público maior e talvez, até poderia ganhar um caráter colaborativo com sugestões dos usuários sobre opções de lazer que dá para curtir em Venda Nova. Em relação a site, minha unica ressalva é na aba Lugares que ,só é possível conferir o relato ,se clicarmos no menu vertical, ou seja, ao clicar apenas na aba,ela nos redireciona para uma apanagia que elenca os lugares e que até nos convida para conferir as impressões , mas que não nos leva a lugar nenhum.Abraços!

  • barbarasilva

    Oi gente,
    Gosto muito mais dessa segunda versão do trabalho de vocês. Acho que o site ajudou a deixar a informação mais clara e deu mais espaço para a informação que a opção anterior pelo Google Maps. Achei interessante que por meio das fotos vocês mostraram que outras pessoas também estavam fazendo o passeio no parque com diferentes objetivos.
    Entre as sugestões, fiquei pensando que teria sido interessante se tivessem escutado essas pessoas e que os depoimentos delas fizesse parte do site. Achei também que o narrador ficou pouco claro para mim, quando leio o “sobre nós” vejo informações sobre o grupo todo, mas não sei quem é esse personagem que me conta a história do dia. E na aba lugares tive a sensação, por meio do menu, que a Lagoa do Nado e as atrações que encontraram lá dentro eram na verdade lugares separados. Talvez o nome “lugares” poderia ser “lagoa do nado” e dentro do menu encontramos todas as opções de atrações.