Podcast | Conhecendo o Studio Sol e seus produtos Palco MP3, Letras e Cifra Club

Sede do Studio Sol no bairro Funcionários, em Belo Horizonte

No último dia 15 de setembro o grupo realizou uma visita à sede da Studio Sol, no bairro Funcionários, em Belo Horizonte. A Studio Sol é uma empresa mineira de tecnologia. É proprietária dos serviços Palco MP3, Letras e Cifra Club, dentre outros.

É importante esclarecer que a empresa se entende como uma companhia de desenvolvimento com foco em música, não apenas como uma empresa de música.

Dessa forma, a Studio Sol deve ser entendida como uma empresa de tecnologia

Com os três principais produtos, a empresa garante números expressivos, como a liderança em downloads no mercado de players do Brasil.

Ao chegarmos no local, fomos recebidos pela analista de marketing Lívia Rios e pela redatora Clarisse Gontijo que nos levaram para fazer um tour pela sede(e que sede!) e nos contaram um pouco sobre o surgimento da empresa.

O surgimento

A história da Studio Sol começa em 2000. De início, um dos sócios-fundadores, Gabriel Fernandes, mantinha o hábito de fazer upload de cifras na Internet, contando, posteriormente, com a ajuda de Samuel Vignoli, outro sócio-fundador da empresa. Os primeiros contatos eram remotos, pois Gabriel atuava de São Lourenço enquanto Samuel morava em Belo Horizonte. Com a popularização das cifras postadas na internet, os sócios perceberam a oportunidade de crescimento e de transformar a parceria em um negócio. A partir daí, Gabriel mudou-se para Belo Horizonte, os primeiros funcionários foram contratados e outros produtos começaram a ser desenhados. Com esse movimento, o Studio Sol foi criado.

Ouça o podcast sobre a história do Studio Sol:

 

O trabalho do marketing

Nessa primeira reunião com as duas integrantes da equipe de Marketing, elas nos contaram sobre a relação peculiar da Studio Sol com essa área. A atuação da Studio Sol junto aos seus produtos é basicamente manter no ar os serviços de site, aplicativos e redes sociais.

Os produtos principais da empresa têm entre 14 e 20 anos de existência, apresentando uma boa consolidação de maneira geral, com um volume de tráfego expressivo. Dessa forma, o foco do departamento não é tanto na geração de tráfego, mas sim no aperfeiçoamento da experiência para o usuário, o que acabou por retardar a criação de um departamento de marketing até março de 2017.

Os produtos

A Lívia e a Clarisse nos apresentaram os três maiores produtos da empresa, em ordem de tamanho/relevância.

O primeiro, portanto, foi o Palco MP3. Trata-se de um aplicativo de streaming de música para Android e iOS. O app conta com uma base de 1,4 milhões de músicas de 115 mil artistas e contabiliza mais de 7 bilhões de plays. Já foi instalado 133 milhões de vezes, número maior que do Spotify e Deezer juntos.

A proposta do Palco é aproximar artistas e público por uma plataforma gratuita para ambos. O serviço tem foco no público de classes C e D, com popularidade de gêneros como sertanejo, forró, música brega e gospel. Tem preferência por artistas autorais, embora inclua músicas de artistas de gravadoras, com os devidos respaldos jurídicos. Está instalado, em sua maioria, em dispositivos Android (98%), sendo mais popular em modelos que não são top de linha das fabricantes. Uma curiosidade é que um dos motivos apontados pela empresa para o crescimento e popularização do Palco foi a utilização de ‘MP3’ no nome, pois ao procurar por downloads de mp3, muitos usuários foram redirecionados para o aplicativo e fidelizaram-se a ele, fazendo crescer sua popularidade.

O segundo produto apresentado foi o Letras. A plataforma consiste em um website para compartilhamento de letras de música na internet. Toda produção do site é colaborativa, enviada e editada por uma comunidade de usuários que se formou com o serviço. A plataforma conta com mais de 2,4 milhões de músicas, 302 milhões de pageviews e 44 milhões de usuários ativos/mês.

Dentre as vantagens do site, além da comunidade formada e do grande número de letras disponibilizadas, estão a limpeza e o cuidado com a sua estética, além de serviços de player e playlist. Dessa forma, a equipe tenta alcançar o objetivo principal com relação a esse produto, que é o aumento do tempo de permanência no site.

O terceiro produto apresentado foi o Cifra Club. Esse produto consiste em uma plataforma multimídia de ensino de música, constituído por um site e um canal no YouTube com vídeo-aulas. O serviço registrou 14 milhões de usuários ativos em agosto, contabiliza mais de 450 mil cifras, além de 3300 vídeo aulas disponibilizadas e 3 milhões de inscritos no YouTube. A marca é forte em estabelecer um centro de comunidade pela estratégia colaborativa adotada desde o início. Outro ponto positivo é o laço afetivo que o Cifra Club estabelece com os usuários. Além disso, o serviço é gratuito.

Próximas visitas

Nessa primeira visita, portanto, tivemos uma noção geral da empresa e de seus produtos. A partir da próxima semana iremos realizar visitas focadas em cada uma das plataformas, buscando entender de que maneira é construída uma estratégia de marketing digital para alcançar os diferentes resultados pretendidos.

Ouça o podcast que gravamos sobre os produtos e as principais estratégias de marketing do Studio Sol:

 

Por: Ana Catarina Cizilio, Gabriel Duarte, Luiz Felipe Nunes e Paula Albuquerque

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *