População e funcionamento da linha 5102

Pauta Integrada Multimídia

A ligação Centro – Campus UFMG via Carlos luz

Tema:
População e funcionamento da linha 5102

Histórico e resumo:
A avenida Carlos Luz dá acesso a um dos principais portões de entrada à UFMG e a única linha que contempla todo o campus por essa via é o 5102 e seu público é, em sua maioria, de estudantes dessa universidade. Criada em meados dos anos 80, a linha buscou atender a população que residia no bairro Santo Antonio, quando a FAFICH foi transferida para o campus na Pampulha. O ônibus tem um itinerário extenso, passando por uma região do centro da cidade e atende também os estudantes da Newton Paiva, cujo os horários de inicio de aula diferem de 15 a 20 a minutos dos horários de aula dos estudantes da UFMG. Para os alunos da Newton Paiva que estão na região sul da cidade, o único ônibus que atende é o 5102.

Proposta da matéria:

Queremos investigar o perfil dos usuários da linha, a viabilidade de seu itinerário, a relação entre os usuários e os funcionários da linha.

Perguntas:

Para usuário (aluno UFMG) que more no Santo Antonio:

a) Quanto tempo você leva, em media para chegar à Universidade?
b) Como você avalia o itinerário do 5102?

Para usuário (aluno Newton Paiva):

*pode ser feito na porta da faculdade, se o repórter encontrar alguém descendo do ônibus, por exemplo.

a) Onde você pega o 5102?
• No caso de o estudante pegar esse ônibus em algum ponto em que outra linha possa atendê-lo perguntar também:

b) Porque você prefere essa linha?
c) Quanto tempo leva para chegar?

Para funcionários da linha:

a) Há quanto tempo você trabalha na linha?
b) Você acha que o itinerário dessa linha é tranquilo ou difícil?
c) Como é a relação entre os funcionários e os usuários da linha?

Para representante da BH Trans

-Qual a capacidade de passageiros na linha 5102? Essa capacidade é respeitada? Ela é suficiente?

-A BH Trans recebe muitas reclamações sobre essa linha?

-O número de veículos dessas linhas tem aumentado com o tempo? E nos próximos anos, com o programa REUNI que aumenta o número de estudantes na universidade, a BH Trans tem algum plano para aumento de veículos ou de linhas?

-Quais bairros essa linha atende? Existe algum plano para a criação de mais linhas para este trajeto?

Fontes para entrevistar:

Usuário UFMG:
A confirmar
Aluno Newton Paiva:
Povo fala
Usuário:
Povo fala feito no próprio campus na ponto final.

Fontes para buscar apuração de informações:

gerente de programação da BH Trans, Eloísa Borges.
Empresa responsável pela linha (em apuração).

Recursos de linguagem:

Texto informativo, vídeo documentário da situação das linhas, intertexto com as fotos do mural e os mapas interativos da linha.

Abaixo seguem os horários da linha em relação aos horários de início das aulas:

Os horários de picos são os que antecedem os principais horários de aula (07h30; 14h; 19h) e o maior número de veículos tem que estar em acordo.

A saída do campus é em maior número no final dessas aulas (12h; 18h; 22h30)

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2012/06/09/interna_gerais,299084/brt-tera-versao-light-na-avenida-pedro-ii.shtml

http://www.em.com.br/app/noticia/gerais/2011/08/04/interna_gerais,243405/pbh-desiste-de-implantar-brt-na-avenida-pedro-ii.shtml

2 comments

  • Bruna Sobreira

    Olá, sou aluna do Laboratório de Mídias e Linguagens e vou utilizar essa pauta para a minha matéria.

  • Carlos Dandrea

    Ok, Samara, alguns ajustes propostos:
    – não há perguntas a serem feitas para os responsáveis pela linha e/ou BHTrans?
    – Indicar na página interna os nomes e contatos precisos das fontes (inclusive de usuários do ônibus).