#RedeFace Página Pearl Jam Evolution e uma rede de interações

Por Gabriel Dutra, Laura Tupynambá e Rafael Rodrigues

A proposta do presente trabalho se resume na análise das interações das páginas do Facebook com dados coletados pelo aplicativo Netvizz e, posteriormente, esses dados foram processados e geraram redes a serem visualizadas e exploradas utilizando o software Gephi.

Escolha da página

O primeiro passo foi decidir qual página no Facebook seria utilizada no trabalho. A primeira opção foi a página “Pérolas FAFICH”, mas demos conta que outro grupo já havia escolhido esta página e decidimos tentar uma outra página. Uma coisa que percebemos foi que a nossa escolha não poderia ser tão aberta, pois não poderíamos escolher uma página com muitas curtidas, devido a complexidade que a mesma poderia apresentar para análise e também não adiantava escolher uma página que tinha um número aceitável de curtidas de usuários, mas com número inexpressivo de curtidas de outras páginas. Isso poderia  esvaziar as possibilidades de uso dos recursos do software Gephi. Além disso, achei interessante fazer a escolha da página de acordo com o grafo gerado no Gephi e não uma escolha baseada somente pelo número de curtidas no  Facebook e pelo aplicativo Netvizz

Dentre as opções que selecionamos escolhemos a página Pearl Jam Evolution, página criada pelo Gabriel Pinheiro, namorado da integrante do grupo Laura Tupinambá, pois essa página se mostrou uma rede de interações bastante coesa e que seria interessante compartilhar com a turma um grafo com esse tipo de interação.

Aplicativo Netvizz

O aplicativo Netvizz fornece um arquivo para o Gephi com as interações entre as páginas. Notamos que algumas url’s não funcionavam, o aplicativo demorava gerar o arquivo final de acordo com o número de interações da página e que a escolha da página não poderia se prolongar muito, pois o aplicativo corria risco de sofrer restrições  devido a política de privacidade adotada pelo Facebook.

Software Gephi

Uma outra dificuldade que tivemos inicialmente foi em relação a instalação do software, pois o Gephi demandava uma série de ajustes para que o programa pudesse ser instalado e funcionar corretamente no computador. Depois de pesquisar no fórum do site do software o procedimento correto para instalação o problema foi solucionado.

Além da dificuldade de familiarização com os recursos do software, umas outra situação a ser solucionada foi a amostra de vários print’s das redes formadas, de forma didática, em que os usuários pudessem visualizá-las e compreende-las. A forma encontrada para demostrar foi por meio de gif’s animados.

A ferramenta possibilitou que explorássemos os dados com diferentes enfoques, como número de grau de entrada e saída e número de menções; além de podermos visualizar características das páginas que formam a rede,  no caso em análise, muitas ligadas a música e cultura. Também foi possível identificar as nacionalidades de algumas das páginas, bem como deduzir a lógica de suas conexões.

 

Equipe

Gabriel Dutra, Laura Tupynambá e Rafael Rodrigues 

Etapas desta publicação

Proposta  Produto