#RedeFace Página Pearl Jam Evolution e uma rede de interações

Por Gabriel Dutra, Laura Tupynambá e Rafael Rodrigues

Proposta

A proposta do presente trabalho é analisar a rede de interações criada a partir da página do facebook Pearl Jam Evolution, observando os nós formados, bem como os graus de entrada e saída e demais características da rede.

Sobre o objeto

A página foi criada em 2010, com o objetivo de dar suporte a um blog sobre a banda americana. O blog que originou a página surgiu em 2006, com a finalidade de disponibilizar notícias em português para os fãs brasileiros da banda norte-americana Pearl Jam. De 2006 a 2011, a página recebeu atualizações constantes, tornando-se, inclusive, a principal fonte brasileira acerca da banda.

Em um primeiro momento, a fanpage foi utilizada como forma de replicar o conteúdo publicado no blog. Com o passar do tempo, e o desenvolvimento das possibilidades e a facilidade de utilização das fanpages do Facebook, ela se tornou um endereço mais atualizado do que o próprio blog, sendo, desde 2012, a principal fonte de informações aos fãs mantida pelo Pearl Jam Evolution. Atualmente, a página conta com 6864 curtidas, provenientes tanto de usuários privados, como de outras páginas da rede social.


Metodologia e objetivos

Pra cumprir o proposto, utilizaremos o aplicativo NetVizz para coletar os dados referentes às interações da página escolhida com outras páginas, e dessas com outras. Após a coleta, trabalharemos com a ferramenta Gephi, que processará os resultados e fornecerá gráficos e esquemas interativos e manipuláveis. A partir desse material esperamos observar as características da rede formada, os perfis dos seus nós, suas semelhanças e diferenças, com quem a página dialoga e as possíveis justificativas para as interações encontradas.

Equipe

Gabriel Dutra, Laura Tupynambá e Rafael Rodrigues 

Etapas desta publicação

Desenvolvimento  Produto