Prédios abandonados do Hipercentro de BH

DESENVOLVIMENTO +

[ Descrição do processo ]

O primeiro passo após a definição do tema do trabalho – os edifícios subutilizados do Centro de Belo Horizonte – foi realizar um levantamento preliminar, através do Google Street View, para mapear alguns dos prédios que já sabíamos estarem abandonados ou que assim aparentavam.

Numa primeira visita, Jullie checou alguns dos endereços que, pelo fato das imagens do Google terem sido feitas em 2011, já haviam sido ocupados ou reformados. Além disso, Jullie conversou com algumas pessoas que trabalham nos arredores ou mesmo em outras partes dos prédios abandonados.

Na segunda visita, com o grupo completo, visitamos os pontos já levantados e encontramos mais alguns. Quando possível, conversamos com pessoas que poderiam saber se os edifícios se encontravam, de fato, abandonados ou subutilizados, como se deu o processo, qual a utilização anterior do prédio, quem seria o possível dono. Além disso, tiramos fotografias dos prédios para registrar as fachadas atualizadas.

Por fim, Jullie realizou o processo de montagem do mapa e Hélio cuidou da apuração de dados complementares, como levantamento de questões pertinentes ao assunto do abandono e subutilização de edifícios (públicos ou privados) e os problemas decorrentes desta situação.

O valor gasto com os prédios públicos em BH foi levantado em matéria do ano de 2013 do jornal O Tempo. Também é de 2013 o estudo da Fundação João Pinheiro que aponta déficit imobiliário para 115 mil famílias na região metropolitana. Demais informações foram apuradas por Hélio, que percorreu o entorno da Praça da Estação para conferir as obras do Museu Ferroviário e do Centro de Referência da Juventude; Hélio também analisou as principais notícias sobre imóveis abandonados em Belo Horizonte, publicadas na internet, para obter informações sobre “retrofit” e projetos da PBH e da CAixa Econômica para habitação popular no Centro.

Equipe

Jullie Utsch, Hélio Brandão

3 comments

  • Ana Carolina Lorentz

    Bom dia, gostaria de ter as informações dos prédios abandonados em BH. Você poderia fornecer o mapa desenvolvido?

  • Laura de Paula e Silva

    Gostaria de obter mais informações sobre essa pesquisa, como consigo acesso a ela?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *