#TwitterTV Interações no Twitter a partir da transmissão de jogo de basquete da NBA

Por Mariana Gonzaga

O objetivo desse trabalho é analisar interações no Twitter a partir de transmissões audiovisuais, com o auxílio dos softwares Flocker e Gephi. O objeto escolhido foi a transmissão televisiva ao vivo de um jogo de basquete da liga profissional dos Estados Unidos, pela temporada regular da NBA (National Basketball Association). O jogo em questão ocorreu no dia 07 de abril de 2015, na Chesapeake Energy Arena, em Oklahoma City, EUA, entre os times Oklahoma City Thunder e San Antonio Spurs. No Brasil, foi transmitido pelo Canal Space.

 

Flocker

Foram coletadas no Flocker informações a respeito da formação de redes de tweets (a partir de menções ou RTs) contendo uma das três palavras seguintes: #spurs (em referência ao San Antonio Spurs), #thunder (em referência ao Oklahoma City Thunder) e “nba”.

A coleta de dados (arquivos .gefx e prints de networks e wordclouds) começou 20h30, 45 minutos antes do começo da partida de basquete, sendo feita a partir de então a cada 5 minutos. Após duas horas de coleta, o tempo foi alternado para 10 minutos e mantido até 30 minutos após o término da partida. Ocasionalmente, foram tirados prints de tweets e perfis considerados relevantes.

Ocorreu algum problema com o software ou com a internet que fez com que as interações relacionadas à hashtag #thunder não fossem detectadas até 22h40. Portanto, não há dados relativos a essa hashtag antes desse horário. Outro problema foi que os dados da hashtag #spurs e da palavra “nba” foram recolhidos apenas até 22h20, pois nesse momento as interações pararam de ser registradas pelo Flocker, provavelmente devido também a algum defeito no software ou na conexão de internet.

Devido a essa falta de informações, foi decidido que a análise seria feita somente a partir das interações geradas por “nba” e #spurs, que foram coletadas por mais tempo.

 

Gephi

Foram gerados no Gephi, a partir dos arquivos .gefx salvos no Flocker, gráficos das interações ocorridas desde o começo da partida, mas, devido a um problema com o zoom do computador – não havia mouse no notebook utilizado – não foi possível estudá-los em profundidade. Posteriormente, percebeu-se com a análise realizada com o auxílio do Flocker que esse problema não comprometeu gravemente o estudo, já que uma observação superficial dos gráficos obtidos no Gephi leva a crer que as conclusões tiradas com os dois sofwares seriam muito similares.

Abaixo, um dos gráficos gerados.

screenshot_221627

Gráfico gerado no Gephi.

 

Considerações gerais

Pretendia-se uma coleta de dados do início ao fim do jogo e de três perspectivas: do basquete nos Estados Unidos em geral (“nba”) e dos dois times (#spurs e #thunder). Infelizmente, alguns problemas técnicos impediram essa análise mais extensa e detalhada. Em termos dos softwares Flocker e Gephi, não foram encontradas grandes dificuldades em sua utilização, com exceção às mencionadas anteriormente, e acredita-se que eles serão ferramentas de grande utilidade em outros estudos futuros.

Equipe

Mariana Gonzaga

Etapas desta publicação

Proposta  Produto 

 

3 comments

  • saulogargiulo

    Bom dia.

    Como chegamos a comentar, durante as apresentações, a plataforma Flocker nos trouxe a todos dificuldades parecidadas, que cada grupo trabalhou de forma diferente. Tivemos, todos, de fazer escolhas para a análise. Daquilo que consideramos que renderia mais “pano pra manga”, passei pelo mesmo.

    Gostei bastante de terem começado a buscar interações bem antes da partida e cessado algum tempo depois. Esse comparativo de “antes” e “depois” sempre rende boas discussões.