Um dia verde no Barreiro

Com o intuito de explorar a área verde do Barreiro e propor mais opções de entretenimento apresentamos visitas a quatro parques pertencentes a essa região: Parque Estadual da Serra do Rola Moça, Parque das Águas, Parque Vila Pinho e Parque Alfredo Sabetta.

Disponibilizamos no nosso site uma série de fotos e vídeos que ilustram os parques, além disso contamos com a plataforma do Google Maps para situar os parques além de uma breve descrição.
Dessa forma buscamos mais informações, para situar e apresentar melhor os parques. Consideramos então, esses parques, como um bom lugar de lazer e descanso e “fugir” da rotina maçante de trabalho e estudos, por exemplo, para ter mais contato com a natureza, e o melhor: gastando pouco, e apresentando as condições de estado físico e lazer de cada um dos parques.

A região do Barreiro é muito extensa e grande parte de sua população chega a desconhecer a presença a grande presença de parques na região. Alguns desses parques oferecem várias atividades diferentes como cursos de educação ambiental e exposições de astronomia por exemplo. Dessa forma, os visitantes podem entender melhor o funcionamento dos parques e escolher aquele terá melhor proveito para eles.

Os parques estão situados a aproximadamente 15 km do Centro de Belo Horizonte, e o valor de deslocamento estimado é de R$6,60 considerando a ida e a volta.

Clique na imagem abaixo e entre em nosso hotsite:

 

imagem

 

 

Reportagem

Gustavo Aleixo, Luana Flávia, Roberto Rodrigues

Etapas desta publicação

Proposta
Desenvolvimento

11 comments

  • Victoria Bravo

    OI pessoal!
    O site fico bem facil de compreender e utilizar.
    Só achei um pouco chata a informacao escrita, poderia ter sido menor ! COm as imagens e os videos é bem descritivo e achei melhor so dar informacao pequena sobre cada parque , tal vez en abas mesmo.
    É um site muito claro e informativo.

  • Larissa Campos

    Oi Pessoal! Achei bem bacana o projeto de vocês, mas tambem concordo com a Vitória. O site não é muito intuitivo tanto que, apesar de ter um banner bem grande titulado de ‘O Projeto” senti falat de um call to action, pois fiquei um tempo poprocurando onde achar informações sobre ele, até enteder que bastava clicar no banner. Além disso acho que seria mais convidadtivo ao usuárior se ao inves de um grande bloco de texto, ele ele fosse dividido em pequenos blocos ou abas, como a Victória tambem sugeriu. Abraços!

  • Paula Pinheiro

    Meio que batendo na mesma tecla das meninas, a minha sugestão seria dividir o site por parques, pra diminuir um pouco bloco de texto e facilitar a navegação. Achei legal a ferramenta do cálculo do táxi, principalmente considerando o recorte do trabalho. Acho só que poderia ter sido melhor integrado com o resto do site.

    Em geral, achei que o conteúdo tá bacana e só precisa ajustar um pouco a apresentação.

  • Ana Rodarte

    Olá, pessoal!

    Bom, gostei mesmo foi da pauta do projeto: eu não sabia que o Barreiro tinha tantas áreas verdes. Também gostei da proposta de apresentar um ícone para o cálculo da tarifa de táxi. Estimular o turismo de áreas verdes é um desafio: há de se demorar na apresentação das espécies, dos espaços de convivência…
    Creio que o grupo tenha encontrado o mesmo desafio que o meu grupo: nos demoramos mais na etapa de apuração que na de desenvolvimento da plataforma, pelo relativo “frescor” do conteúdo. Mesmo as páginas oficiais não apresentam todas as informações necessárias.

  • barbarasilva

    Meu comentário segue a linha do que as meninas já falaram, fiquei pensando também que vocês tem vários conteúdos interessantes mas todos estão migrando para outras plataformas e o site está funcionando “apenas” como suporte para reunir todas elas. Acho que vocês poderiam aproveitar mais essa estrutura uma vez que já optaram pela criação do site e trazer o conteúdo mais interligado. Por exemplo poderiam criar dentro do site abas com o nome de casa parque e em cada uma delas trazer galaria de imagens, vídeos, o mapa com as indicações. E no conteúdo geral trazer o mapa com todas as opções de lugares e a ferramenta para calclar a tarifa de taxi.
    Outra questão é a opção que fizeram na página inicial, colocando a imagem de fundo e o texto sobreposto. A opção que escolheram deu pouca leitura ao texto e, por ser um trecho longo, ficou bastante difícil ler até o fim.

    Com relação ao conteúdo, não tenho o que comentar. Acho que está muito bom. As considerações são apenas relativas à forma de apresentação.

  • Pedro Lucchesi

    Concordo com as observações que foram feitas, essa ideia que a Paula deu pode ser uma boa alternativa. Acho também que as fotos poderiam estar no próprio wix, já que essa plataforma permite criar galerias.
    Gostei da ideia de falar de não apenas um, mas de todos os parques da região do Barreiro e também curti o uso dado ao google maps

  • Anna Luísa Silveira

    Oi gente,

    Como a Paula, achei que falta uma revisão nesse texto inicial do labcon e também nos disponíveis no maps. O deslocamento é parte importante do projeto e ao ver que não é tão dispendioso, gera uma maior motivação para visitar os lugares. Como os comentários anteriores, também acho que é possível dispor os conteúdos de uma forma melhor dentro do site, principalmente o texto do projeto que só encontrei depois de comentários dos outros colegas. Eu gostei das fotos, mas percebi que a maioria não são da autoria do grupo (não sei se tem alguma que é), então ficou faltando colocar o crédito adequado. O flickr também é ou foi criado para ser uma plataforma para fotos com maior qualidade, como há um padrão entre as escolhidas, eu consideraria utilizar uma galeria ou alguma ferramenta mais adequada. No final de tudo, acho que faltou um conteúdo autoral por parte do grupo, já que as informações encontradas no trabalho podem ser também em outros lugares.

    (O Espaço Tim agora é Espaço do Conhecimento UFMG)

  • Arnaldo Garcia

    Acho que poderiam investir mais nesse post para venderem melhor o projeto de vocês.
    Concordo que pequenos ajustes, como dividir em abas as informações sobre os parques, tornariam ainda mais fácil a navegação.

  • Luiza Alfenas

    Concordo com o que já foi dito. O conteúdo está muito bom, mas seria interessante repensar a apresentação do site para torná-lo mais atrativo.

  • Geane Alzamora

    Oi pessoal,
    sugiro cuidado com o lead! O tom deve ser mais jornalístico e menos burocrático. É preciso evidenciar o foco da proposta (por que os roteiros sugeridos são interessantes? Por que vale a pena se deslocar até o barreiro para fazer esse roteiro?). A mesma questão deve permear a proposta do site.
    Geane

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *