Vou de carona

Ir para a beira da estrada, acenar com o dedo polegar e, no máximo, segurar uma plaquinha com o nome da cidade destino. Essa era a maneira tradicional de se pedir carona. No entanto, diversas ferramentas que podem auxiliar nesse processo têm surgido. Grupos no Facebook destinados a oferecer e pedir carona vêm se multiplicando. Diferente de quando a carona é pedida na estrada, nesses grupos há uma taxa a ser paga para o motorista que oferece o transporte. Em alguns casos, os moderadores e membros das páginas chegam a desenvolver um sistema de regras envolvendo valor máximo para as taxas e para fazer críticas positivas ou negativas aos motoristas, de forma que os próximos caroneiros possam ter referências. Conversando com algumas pessoas que costumam pegar carona, percebemos que a principal razão para aderir à prática é a economia, mas, além disso, outro ponto de destaque é a interação social. Cada viagem é uma história. Algumas cômicas, outras românticas, e até mesmo trágicas. Diante desse fato e dessa pluralidade de acontecimentos que envolvem as viagens, serão contadas aqui algumas dessas histórias vivenciadas sobre quatro rodas, pelas estradas brasileiras e internacionais.

Reportagem

Adélia Oliveira, Marina Dayrell, Thaiane Bueno e Melissa Neves

Etapas desta publicação

Proposta
Desenvolvimento

14 comments

  • MarcosFernandes

    Boa pauta! Acho que, já que estão falando de serviços online, poderiam incluir uma retranca sobre o CouchSurfing, usado por mochileiros para encontrar casas para dormir de graça. O sistema é super conhecido de quem viaja e funciona muito bem.

  • Luiz Guilherme

    Achei muito original a ideia! Conseguiram colocar no papel algo diferenciado e que vai de carona (literalmente, né? :p ) com um tema alternativo, como esse sistema de caronas.

    As histórias estão bem interessantes. Pela gama de personagens que o tema atinge, imagino ter sido um trabalho interessante a escolha dessas vozes, em detrimento até de outras igualmente importantes. Os textos estão bem escritos e na minha opinião atendem à proposta da atividade. Destaco em especial o meu favorito até o momento, “Essa tal vida maravilhosa”.

    Todo o portal é bastante interativo, cercado por links que remetem à assuntos externos e complementares.

    Parabéns pelo trabalho!

  • Amanda Almeida

    Bem completa a matéria de vocês! E o site ficou ótimo!
    Se vocês ainda quiserem colocar uma outra visão das caronas que não a das experiências dos caroneiros, seguem dois projetos de carona corporativa, pensada para empresas, de órgãos do governa, o IEF e a BHTrans. Seria interessante averiguar a que pé andam, se deram certo, qual é a adesão dos funcionários e tudo mais.

    http://www.ief.mg.gov.br/noticias/1/974-sisema-lanca-sistema-de-carona-corporativa
    http://www.bhtrans.pbh.gov.br/portal/page/portal/portalpublico/Temas/Noticias/Ponto%20Carona%20BHTrans

  • eduardarodrigues

    Assim com a pauta previa, apareceram experiências muito bacanas. O site ficou ótimo. Parabéns. Vocês pensaram em fazer um slide com as imagens? Poderia ficar bem legal com legendas que contem um pouco de cada história. Ou talvez um única história contada por fotos, já que vocês falaram que teve quem mandou muito material.

  • Terezinha Silva

    Oi meninas,
    Estão indo muito bem ! Ficou muito boa a abertura – e a opção de abrir pelo diferencial das caronas via redes sociais.
    Muito bonita a home do site no wix. Ótimos títulos. Ao fazer a revisão dos textos, tentem também condensá-los um pouco mais – estão longos.
    Sobre as fotos, se estiverem boas, dá pra fazer pequenos slideshows dentro de cada uma das histórias (o próprio wix tem um slideshow padrão, não precisa ir buscar ferramenta fora). Podem também usar uma ou duas fotos apenas em algumas histórias.

  • Anna Claudia Pinheiro

    Oi, meninas. Muito boa a matéria! Vocês escolheram histórias muito ricas e achei muito bom o fato de o leitor não ficar perdido no site, já que vocês fazem links a toda hora ( como na aba próximo destino, em que há o botão “Lembra da Alê?”). Assim, mesmo sendo extensa, o leitor não esquece de quem ou do que vocês estão falando. Ficou muito informativa, um verdadeiro guia, parabéns 🙂 Sobre as fotografias, acredito que mesmo que não haja imagens de todos, é interessante ilustrar aquelas em que há material. Gostei também da sugestão da Eduarda de um slide com as imagens, assim não polui muito a página. Só acho importante não colocar imagens demais no slide, para não cansar o leitor.

  • alinecarvalho

    Adorei o tema de vocês, é bem atual, mas pouco explorado.
    As histórias são ótimas e o que é mais bacana é que são experiências muito diferentes.
    O site tá super didático, fácil de conhecer . Eu só sugiro uma alteração na paleta de cores, achei um pouco pesada, difere da mensagem geral do site (eu acho).

  • ps.ingred

    O site está lindo! Adorei os depoimentos também. Assim como a Anna Cláudia, também gostei muito dos links que vocês fazem deixando o site todo relacionado. Parabéns pelo trabalho!

  • anaclaramatta

    O site está espetacular. É mais que uma reportagem, é um guia de apoio para o caroneiro, e funcionaria muito bem como portal, site ou blogue. Uma coisa me incomodou na escrita, porém: a ausência de aspas em uma frase em primeira pessoa, dita pela entrevistada Débora, no primeiro parágrafo de seu depoimento. Os dois pontos não demarcam bem que ali estamos mudando de voz no texto! Fora isso, excelente, garotas.

  • Laura Ribeiro

    O site ficou ótimo, a divisao de histórias e o layout impressionaram. Dá para ver o trabalho e cuidado que tiveram com essa matéria. Parabéns!

  • PauloSantos

    Gostei muito do site no Wix, acho que as seções foram bem escolhidas e divididas. A quantidade de conteúdo também ajuda, uma vez que o site está bem equilibrado entre história, serviço ao leitor/usuário e jornalismo de dados.

    Alguém sugeriu e eu reforço: seria bom testar outras cores para o leiaute. Eu, que uso óculos, tive um pouco de dificuldade para ler devido ao baixo contraste entre a cor das letras e a imagem de fundo do site.

  • aluisiojunior

    Muito bem feito o trabalho. A página desenvolvida consegue chamar a atenção sem apelar para efeitos gráficos extravagantes, o que favorece leitura. O fato de aparecer como um guia de apoio complementa ainda mais a reportagem como uma produção de utilidade pública.

  • Victor Lambertucci

    Pessoal, achei o tema bem interessante e original. Penso que as histórias dos personagens que vocês acharam têm que ganhar um espaço especial na matéria final, acho que é aí que está a maior riqueza do texto de vocês. Sobre a dúvida de onde colocar as fotos, vocês pensaram em fazer um Wix? Seria muito bacana ter um site que fala dessas “caronas virtuais” e com muitas fotos e outros registros. Acho importante reforçar que vocês, mesmo conhecendo o motorista no mundo virtual, tem que tomar certos cuidados e precauções, não é? Eu mesmo não sei se confiaria não, hein! Bom trabalho!

  • victorlambertucci

    aguardando moderação.
    Pessoal, achei o tema bem interessante e original. Penso que as histórias dos personagens que vocês acharam têm que ganhar um espaço especial na matéria final, acho que é aí que está a maior riqueza do texto de vocês. Sobre a dúvida de onde colocar as fotos, vocês pensaram em fazer um Wix? Seria muito bacana ter um site que fala dessas “caronas virtuais” e com muitas fotos e outros registros. Acho importante reforçar que vocês, mesmo conhecendo o motorista no mundo virtual, tem que tomar certos cuidados e precauções, não é? Eu mesmo não sei se confiaria não, hein! Bom trabalho!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *